ROAS: O que é e para que serve? - Tecmedia

Artigos

ROAS: O que é e para que serve?

eder.cachoeira
Escrito por eder.cachoeira em 2 de março de 2022
ROAS: O que é e para que serve?
QUER APRENDER A SIMPLIFICAR A SUA EMPRESA?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O marketing digital faz parte da realidade das empresas, e algumas métricas, como o ROAS (Return On Advertising Spend), que trata exatamente de gastos voltados para o planejamento de comunicação e publicidade. 

Em português, a tradução de ROAS significa Retorno Sobre o Investimento Publicitário. Ou seja, refere-se aos gastos voltados para a publicidade, com um cálculo que pode ser feito de maneira simplificada, de forma direta.

Para isso, é preciso calcular a receita total dividida pelo investimento sobre a publicidade, multiplicado por 100, para chegar na porcentagem do valor final. 

Aplicação do ROAS no marketing digital

Seja uma empresa ou uma agência de publicidade, é uma métrica que pode ser analisada visando apresentar os lucros sobre o investimento em campanhas publicitárias. 

No marketing digital, esse valor pode ser identificado com o investimento sobre anúncios em:

  • Envio de e-mail marketing;
  • Guest posts pagos
  • Links patrocinados;
  • Ads em Redes sociais.

O resultado final sobre o valor gasto e o retorno em relação à publicidade deve ser positivo ao ser aplicado em uma Administradora de condomínios piracicaba, por exemplo. Caso contrário, é preciso verificar cada ponto empregado em algumas empresas para identificar o que precisa ser otimizado.

Com a identificação sobre o que está fora da curva, fica mais fácil otimizar, de forma apropriada, o que pode ser mais eficiente dentre as estratégias de marketing digital e eliminar o que não apresenta retorno adequado.

Diferença entre ROAS e ROI

Para que não ocorra uma confusão entre os termos aplicados nas áreas de propaganda e marketing, é importante apresentar também o ROI (Return Over Investiment), ou Retorno Sobre Investimento.

Essa métrica é mais ampla, e trata sobre o valor investido em toda a empresa, ou sobre os produtos e serviços oferecidos para o mercado consumidor. 

O resultado da conta que apresenta o ROI é todo o lucro líquido dividido pelo investimento no comércio, no e-commerce ou marketplace. 

A soma precisa ser realizada sobre os diversos gastos, entre os quais:

  • Conta de água, luz e telefone;
  • Folha de pagamento de funcionários;
  • Matérias-primas;
  • Publicidade;
  • Taxas e impostos.

Tendo um gasto menor que o lucro bruto, é possível determinar se o lucro líquido foi maior, o que demonstra que a empresa está no caminho certo.

Entretanto, há outras métricas que precisam ser apuradas para que o empreendimento esteja valendo a pena, como será apresentado a seguir.

Uso de KPIs para mensuração de desempenho 

O KPI (Key Performer Indicator) é conhecido como indicador-chave de performance, e é composto por diversas métricas que se complementam ao ROAS e ao ROI.

Os KPIs devem ser aplicados em diversos pontos, como a taxa de visitação em um site, a captação de dados por meio do inbound marketing, a conversão de leads, como são chamados os potenciais clientes, em consumidores de fato, entre várias outras métricas. 

Por isso a mensuração sobre as métricas de ROI e ROAS, somado à identificação de KPIs conforme as características de um empreendimento comercial são muito importantes.

  • CAC (Custo de Aquisição de Cliente)

Saiba que há um valor que identifica o custo que é investido para atrair os consumidores. Esse KPI é o CAC, e trata-se de uma informação muito importante para que as decisões sobre a aplicação de verba tenham um direcionamento mais adequado.

Uma loja do setor da construção civil que trabalha no segmento de pinturas e vende Portão de alumínio duas folhas, por exemplo, deve fazer esse cálculo seguidamente.

Se o custo de aquisição de cliente for muito alto, a melhor solução é investir nos clientes que já estão fidelizados, como profissionais que trabalham no ramo de pintura. 

O relacionamento entre empresa e cliente deve ser constante, visando sempre ampliar o leque. 

Entretanto, o custo deve se apresentar vantajoso em números, levando em consideração um lucro acima da média de 25% para cada cliente em relação ao valor investido em publicidade.

  • Carrinho abandonado

Um grande problema para o setor de e-commerce são os leads que chegam até determinado ponto na jornada de compra e não realizam, efetivamente, a aquisição de um produto ou serviço. 

A análise dessa métrica pode ser identificada a partir do número de pessoas que não concluem a compra, e identificar quais os problemas que levaram à desistência, em comparação com aquelas que efetivamente compraram o produto.

A aquisição de uma pessoa que procura por Mangote sanfonado pode ser um problema e, por isso, é preciso identificar como anda a concorrência. 

Outros pontos que devem ser verificados podem estar relacionados à forma de pagamento, ao custo do frete praticado, a falta de atendimento personalizado, ou até mesmo a complementação na página de dados. 

  • ROI e ROAS se complementam

A saúde financeira da empresa passa pelas métricas de ROAS e ROI, e não há como escapar disso caso queira ter um empreendimento de sucesso.

A ajuda de empresas de consultoria tributária, por exemplo, ou de um escritório de contabilidade no lugar em que a empresa esteja estabelecida, pode apontar as possibilidades de investimento, e os custos para manter as contas em dia. 

A mensuração deve ser realizada dentro de um determinado período, que pode ser semanal, mensal, semestral ou anual. 

O mais importante é garantir que o lucro esteja com saldo positivo, ou então é preciso rever todas as estratégias sobre o marketing digital em relação ao ROAS, e de todo o empreendimento, quando se trata do ROI e tudo que está envolvido dentro da empresa.

  • Taxa de conversão

Essa é uma métrica que acompanha o inbound marketing, ou marketing de atração, que define os custos por meio de 4 etapas distintas:

  • Atração;
  • Conversão;
  • Venda;
  • Retenção, ou encantamento.

Com essa métrica é possível fazer uma avaliação conforme atrai novos leads, que passam pela conversão, concluem uma venda e ainda se tornam fidelizados e encantados.

A venda de revestimento uretano preço de uma determinada marca pode ser maior caso o público-alvo esteja falando bem da marca para potenciais clientes. 

Dessa forma, o encantamento pode se apresentar em forma de divulgação espontânea em redes sociais, ou mesmo por e-mail. Até mesmo o tradicional boca a boca pode funcionar, porém esse tipo de métrica não é fácil de mensurar.

  • Taxa de rejeição

A entrada em um site é algo comum para os usuários da internet. Nem sempre há algo que desperte o interesse ou chame a atenção das pessoas. 

Isso pode ser um indicativo de que a taxa de rejeição pode ser alta e, por isso, é necessário trabalhar no marketing de conteúdo.

A divulgação da camara fria para distribuidora utilizados no mercado pode ser um atrativo, o que pode diminuir a taxa de rejeição e as pessoas passarem mais tempo no site e navegar por diferentes páginas. 

Além do conteúdo mudar, pode ser que a página precise ser reformulada, atualizada com um linguagem moderna, evitando ao máximo a rápida saída do lead. 

O engajamento pode até melhorar, utilizando outras ferramentas como as redes sociais e a prática de SEO.

  • Ticket médio

O valor gasto por cada cliente, depois de passar por toda a jornada de compra e pelo funil de vendas, é o ticket médio. Ele é medido conforme o número de pessoas que demonstraram interesse e o lucro.

Com essa métrica empregada em um determinado produto, é possível identificar se os preços estão adequados, podendo até mesmo melhorar, ou propor ofertas e promoções que ajudem no aumento da receita. 

Os serviços prestados por uma loja de assistência técnica que realiza manutenção de ar condicionado rj pode expandir os negócios para outras cidades da região, mantendo a lucratividade em alta. Porém, é preciso identificar o ticket médio sempre, para não perder dinheiro.

  • Tráfego de redes sociais para estabelecimento

Atualmente, uma empresa que não possui uma página comercial dentro das redes sociais está abrindo espaço para a concorrência, e isso deve ser resolvido o quanto antes, para não perder mercado. 

Um escritório de  Contabilidade em campinas sp que mantém uma página comercial pode interagir com os usuários, ou até mesmo compartilhar ideias e conteúdos com os clientes fidelizados, e assim expandir a área de atuação para outros leads. 

As próprias redes sociais disponibilizam ferramentas que ajudam a identificar as métricas, com os mais variados números, como maior tempo de navegação ou mesmo quantidade de usuários na página, número de curtidas e compartilhamentos, entre outros dados essenciais para continuar o trabalho e a mensuração das campanhas.

Conclusão

O ROAS é uma métrica fundamental que precisa ser identificada desde o primeiro momento que uma campanha publicitária está em execução. 

Além disso, o marketing digital deve apresentar um retorno positivo para quem investe, mesmo sendo um baixo custo e risco, em um primeiro momento, para medir a recepção dos leads e a conversão em cliente. 

Dessa forma, as táticas implementadas utilizando a estratégia de inbound marketing devem ser eficientes no escopo geral, e como justificativa e argumento para a continuidade dos trabalhos de divulgação.

A jornada de compra e o funil de vendas podem ser aprimorados ao longo do tempo, sempre insistindo em ferramentas que realmente funcionam. 

No entanto, não se pode esquecer que a tecnologia avança a passos largos, e não pode e é preciso se manter atualizado para permanecer competitivo.

Sendo assim, a aplicação de métricas ajuda a compreender o funcionamento do comércio eletrônico, em conjunto com as KPIs que possibilitam visualizar as metas de curto, médio e longo prazo. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Fonte imagem: Foto de Pavel Danilyuk no Pexels